domingo, 29 de março de 2009

Calúnia Social




CALÚNIA SOCIAL
Por Dalminho Alvares da Hora Serpa

* Nasceu o filho do famoso chefe da boca do morro da Carrocinha, Duca. O pequeno, bastardo se chamará Duca Junior. O raquítico baby, que foi batizado em meio a um grande tiroteio por nada mais nada menos do que o dono da Barraca de Espetinho, o empreendedor e pastor Mané do Gato. Os padrinhos, Dorico e Nalvinha, dupla procuradíssima pela justiça, deram de presente pro afilhado, dois quilos de mocotó, duas jacas moles e uma garrafa de cachaça e um par de tenis importados, roubados, é claro. Ma-ra-! Depois da cerimônia e recolhidos os corpos, a cachaça rolou solta até tarde. Joinha, joinha!

* Se amigaram neste meio de semana, Coisinha Feia e Janete da Pá Virada. Os nubentes foram recepcionados com uma salva de tiros pelo pessoal dos pontos de venda que também foi responsável pelo cerimonial. Várias personalidades do crime estiveram presentes a festa. Fazendo inveja, o casal Arninho do Cavaco e Nitinha; ela vestindo um pra lá de chiquíssimo modelito by Dona Duca de Seu Nado. Ele, com um bermudão, camiseta boné by Maria DasLuz. Estiveram presentes também, Mandinho Beira Rio, que veio especialmente da penitenciária de segurança máxima, para prestigiar, dizem, a amigação do ano. Beira Rio foi o padrinho do “nobio”. Ele mandou entregar e distribuir para os convidados, farta quantidade de maconha importada. A festa foi um luxo total. Impecável!

* O Empresário do Beco da Covinha, Gabriel do Porco, aniversariou este fim de semana. Do Porco, recepcionou seus convidados com farta distribuição de entorpecentes. Foram servidas de entrada, trouxinhas de crack; o prato principal foi Coca no Espelho. Tudo no maior rigor de uma festa sem igual. Do Porco aproveitou para mostrar o seu novo moquifo. A decoração levou a assinatura de Seu Pintinho do Cimento o pedreiro mais badalado do pedaço. Um luxo só!

* Uma grande festa rolou no sábado no puxado de Valdemar Loucão. Só deu gente desdentada. O máximo! O pessoal da boca esteve em peso, apesar de algumas chateações com o pessoal do BOP, que tentou azucrinar a vida de todos, mandando bala para tudo que é lado. O cessar fogo terminou com uma bebedeira e muito pó, por parte dos convidados de Loucão. A grande atração da noite foi a apresentação de Garnisé e a Mulher Rapadura, responsáveis pelo rap, que, aliás, rolou solto madrugada adentro. Nota: as barangas do pedaço rebolaram e deram adoidado, sem restrições. Lindas!

* Quem está de prisão marcada é o nosso querido Chico Migalha. Ele ficará fora por uns 10 anos, mas todos nós sabemos que ele não fica 2 com uma ajudinha do pessoal da toga! Com tudo já preparado, ele embarca num Camburão e ficará hospedado no Grande Cadeião de Segurança Máxima da Quintela. Olha, Migalha, todos nós o aguardamos de volta, ansiosos, querido! Um detalhe: sempre que Migalha passa muito tempo fora, ele volta com muitas novidades e sempre presenteando todo mundo; ano passado ele deu uma camionete importada ao delegado, que por ser muito discreto não quis aparecer nem comentar sobre o fato. Migalha é mesmo o maior “tycoon do pó” da city! Uau!

* Finalmente, esta semana, será inaugurada a barraca de Nadinho. Que será o ponto de tráfico mais chique da cidade. Nadinho é mesmo um grande empresário das drogas. Dizem que ele pretende se candidatar ano que vem, mas ele nega, - “não estou a altura da política brasileira ainda”, comenta. Humilde como sempre, esse Nadinho. Claro que ele tem todo o perfil do nosso político! Vamos com Nadinho em 2010, gentêm!

Bom, por hora é só e como dizia um grande calunialista famoso: em sociedade tudo se sabe e todos se abrem! Au revoir mes chers amis!

11 comentários:

Márcia(clarinha) disse...

AFF!
Ibrahim Sued ficaria orgulhoso desse colunista, rsss

É efeito globalização ou nossa sociedade perdeu o regionalismo e serve para todos os estados?

Já vi esse filme nas bandas de cá...

lindo dia,
beijos

Hélio Jorge Cordeiro disse...

Pois é, Marcia, essa nossa sociedade não existe, como diria Nietzsche! rsss

Euzinha disse...

Tô sem respirar! cof, cof, cof!!!!!! Arrá, urrú!

Rômulo Mafra disse...

HAHAHAAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHH

MUITO BOM, MUITO BOM!!!!!!

D. disse...

Obrigada pelo comentário lá.
:)
e ademã, eu gostava do Ibrahim, era um cara autêntico, bjs Laura

D. disse...

'os cães ladram mas a caravana passa'
lembra?
bom seu texto.

Hélio Jorge Cordeiro disse...

Ibrahim era mesmo uma grande personalidade nacional. Sabia de tudo acerca da sociedade brasileira. Isso me lembrou um filme de Astolfo Araújo e Cecil Thiré, chamado Ibrahim do Suburbio, de 1976, que contava a história de Casemiro,(José Lewgoy) alfaiate que tinha mania de grandeza e que queria que o casamento de sua filha saísse na coluna do famoso colunista Ibrahim Sued.

rafaelo disse...

ate o elvis fez uma musica pra ele...blues sued shoes...nao foi...

Hélio Jorge Cordeiro disse...

Esse Rafa é mesmo um labirinto de informsções! heheheh

Rubens da Cunha disse...

hehe,
viva a calunia social
abraços

Hélio Jorge Cordeiro disse...

Viva, Rubens!