domingo, 3 de janeiro de 2010

É tempo de se renovar!























É tempo de se renovar. Mudar. Mudar pra melhor. Mas eu me pergunto: melhor o quê? Eu posso tentar responder esta minha afirmação/indagação pra vocês.

Mudar é um ato de coragem. Coragem de se transformar. Transformar-se. Deixar pra trás tudo que fomos, ser querer sermos; Ou levados a deixar por nós mesmos ou deixados levar por outrem. Claro, que isso não é uma ação simples de equacionar, mas que, com um pouco de determinação, pode se tornar realidade.


Temos que deixar de ser os outros e ser nós mesmos.

Aprendemos. E se não conseguimos por nós mesmo, sempre haverá alguém ou alguma situação que nos conduzirá a fazê-lo, como já afirmei.


Tenho, a partir de hoje, a clara ideia de que isso é mesmo possível. Aconselho a todos pensarem nisso.


Hoje, passados tantos anos – e lá se vão anos – vejo com clareza que é muito mais fácil aceitarmos tudo como nos parece – destino?- do que tentar algo mais. O desafio só é desafio porque requer, de nós, maturidade e percepção da vida e do mundo para encará-lo. Mas digo: é preciso muita coragem para mudar!

Eu acordei depois desse sono profundo em que eu me encontrava disposto a fazê-lo. Quem quiser pode. É só querer. Juro que não dói nada, ou melhor, dói muito, mas é necessário e faz um bem danado.


Tentem, meus amigos!

4 comentários:

omeninoquenaomachuca disse...

Foi por isso que tu me ligou estes dias??? Ah não... era só pra pedir o telefone do André, né? ehehehhe

Hélio Jorge Cordeiro disse...

André é sempre base pra se transformar, né? rsss

Rubens da Cunha disse...

olá, feliz ano novo

olha, estamos fazendo uma campanha de divulgação e aumento dos seguidores do blog www.poetasnosingular.blogspot.com e do site www.poetasnosingular.com.br.
Se vc tem o hábito de seguir blogs, dê uma passada por lá e nos siga...
O caminho é bem poético, posso garantir :)

Abraços
Rubens

Hélio Jorge Cordeiro disse...

Olá! Feliz ano novo, Rubens. Não prometo ser um seguidor shiita do poetasnosingular, mas sempre que possível passarei por lá.

abraços